Abertas as inscrições para atividades para o Bicicultura 2016

A partir de hoje, estão abertas inscrições de pessoas físicas ou entidades de todo Brasil que queiram fazer parte da programação do Bicicultura 2016.

Os projetos selecionados receberão ajuda financeira e de estrutura para integrar o evento, que acontece entre 26 e 29 de maio em São Paulo. O resultado do edital que subsidiará parte da programação do evento terá destinado, ao todo, R$ 62 mil como forma de garantir a representatividade nacional e a diversidade de temas no evento. Inscrições serão aceitas até o dia 8 de abril.

Podem receber ajuda de custo proponentes que, para apresentar sua atividade, precisem de passagens, material, hospedagem ou alimentação. Clique aqui para acessar o edital completo, com regras e critérios de seleção.

Após ler o edital, CLIQUE AQUI para preencher o formulário de inscrição de propostas para a programação do Bicicultura 2016

Conforme descrito no site do Bicicultura, “As atividades propostas devem se enquadrar em um dos cinco formatos:

Formatos (das atividades)

  1. Pedalada: apresentações de casos, experiências de sucesso, pesquisas e projetos com foco em ciclomobilidade. O formato das pedaladas será de apresentações curtas para grupos de 5 a 10 pessoas que vão circulando; desta forma a interação é direta entre quem apresenta e quem quer conhecer os projetos. Este formato visa mostrar soluções locais e problematizações sobre assuntos que serão aprofundados nos painéis e palestras. Trabalhos acadêmicos podem inscrever-se ou nesta categoria, se esta for a forma escolhida para a apresentação, ou na categoria “Exposição de trabalhos”, caso a exposição seja em formato pôster, afixado em local físico dedicado.
  2. Oficinaworkshop prático, debates, exposição/troca de experiências, iniciativas, projetos ou pesquisas locais que possam ter interesse nacional. Ao todo, cerca de 20 oficinas serão selecionadas por esse edital. As atividades propostas podem ter duração de até 90 minutos e devem estar relacionadas a um dos temas: a) fortalecimento e articulação da sociedade civil ligada à mobilidade urbana; b) desenvolvimento técnico e conceitual das políticas de ciclomobilidade e desenvolvimento urbano (gestão pública).
  3. Atividade cultural e/ou esportiva: apresentação de trabalhos e iniciativas a partir de linguagens artísticas (teatro, música, instalações, performance, fotografia, artes visuais ou plásticas etc.) ou esportivas (BMX,flatland e outras), assim como atividades educativas, para ocupação dos espaços externos do evento. Importante que as atividades culturais tenham, obrigatoriamente, relação direta com a bicicleta e o universo da ciclomobilidade.
  4. Exposição de trabalhos (tendas / barracas / pôster): espaço destinado para a apresentação e exposição de organizações sociais, coletivos, inovações, produtos sociais (sem comercialização), entre outros, que ocuparão espaços de tendas e barracas na feirinha do evento. Trabalhos acadêmicos podem inscrever-se ou nesta categoria, se a forma escolhida para a apresentação for em formato pôster afixado em local físico dedicado, ou na categoria “Pedaladas”, caso haja uma apresentação curta relacionada à pesquisa.
  5. Comercialização de produtos: empreendedores(as) ligados(as) à bicicleta e que queiram fazer comercialização de produtos não são contemplados por este edital e devem entrar em contato diretamente pelo formulário contido neste link. Comerciantes de alimentos ou bebidas (foodbikes entram nesta categoria) também devem contatar diretamente a organização usando este formulário de contato. A comercialização de produtos não terá direito a ajuda de custo.

Os resultados da seleção serão publicados com a grade final de programação na primeira quinzena de abril no site do Bicicultura 2016 e nas redes sociais do evento. Proponentes que tiverem sua proposta selecionada também serão avisados por email.

O Bicicultura

O Bicicultura é idealizado pela União de Ciclistas do Brasil (UCB) e conta com patrocínio do Banco Itaú e apoio institucional da Prefeitura de São Paulo. A edição de 2016 é organizada pela Ciclocidade – Associação de Ciclistas Urbanos de São Paulo, Instituto Aromeiazero, CicloBR, Aliança Bike, Bike Anjo, Instituto Saúde e Sustentabilidade, CicloZN, Bike Zona Oeste, Cidade a Pé, Dream BMX, Pedal Verde, Saia na Noite, Brasil Bike Polo, Apé e Página da Rachel. O evento conta ainda com o apoio de ANTP, Vá de Bike, Bike é Legal, Transporte Ativo, Greenpeace, Instituto Saúde e Sustentabilidade, oGangorra, ITDP Brasil, Compartibike e portal Mobilize.

Essa será a terceira edição do evento, tendo sido a primeira em Brasília (2008) e a segunda em Sorocaba (2010).

Saiba mais detalhes sobre o edital, a inscrição e o evento no SITE DO BICICULTURA.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *